Passeios técnicos em Foz do Iguaçu: Uma viagem de conhecimento 

Passeios técnicos em Foz

Passeios técnicos em Foz do Iguaçu: Uma viagem de conhecimento 

Neste post você ficará por dentro de alguns passeios técnicos que certamente agregarão muito valor à sua trajetória profissional sem abrir mão da diversão e da comodidade que só Foz do Iguaçu pode oferecer. 

A Combo Iguassu fez uma lista dos 6 melhores passeios técnicos para você aproveitar ao máximo sua estadia em Foz do Iguaçu. 

Foz do Iguaçu como roteiro científico-cultural 

Foz do Iguaçu é uma cidade completa em todos os sentidos. 

Muito conhecida pelo turismo de férias, também vem se tornando um destino muito procurado por quem está em busca de capacitação profissional. 

Um terreno fértil para a aquisição de conhecimento em diversas áreas: história, geografia, geologia, meio ambiente, engenharia e tecnologias. 

Engenheiros, biólogos, técnicos ambientais e cientistas da natureza e meio ambiente ano a ano visitam Foz do Iguaçu em busca de capacitação profissional e aprofundamentos de suas expertises.  

E uma boa alternativa é conhecer de perto lugares que agregam técnicas e melhores práticas como exemplo a ser seguido. 

Aqui em Foz temos alguns lugares assim, vejamos a seguir passeios técnicos que podem ser interessantes neste aspecto. 

>> Veja também: 

Circuito Especial de Itaipu

A Usina Binacional Itaipu é um trabalho realizado em conjunto com o Paraguai – é considerada a maior geradora de energia limpa e renovável do mundo.

Através de uma perspectiva única você conhecerá a sala de comando, a barragem, a catedral, entre outras partes desse complexo hidrelétrico. 

Circuito Especial de Itaipu - Passeios técnicos em Foz
Circuito Especial de Itaipu | Imagem cedida pelo atrativo

Qual a duração do passeio ao Circuito Especial de Itaipu?

O passeio tem duração de duas horas e meia (2h30min)

Quais as exigências para realizar o passeio ao Circuito Especial de Itaipu? 

Deverão ser consideradas algumas exigências, tais como as vestimentas, de comprimento abaixo dos joelhos, calçados fechados, confortáveis e sem salto. 

Observações gerais 

Documentos: Apresentação de documento de identificação original 

Idade mínima: 14 anos.

É permitido gravar vídeos ou fotografias do passeio? Sim, filmagens e fotos são permitidas ao longo do circuito.

O circuito é dividido em 7 etapas: 

1. Estação Mirante Central e Painel do Poty

A primeira parada é na Estação Mirante Central, que oferece uma vista panorâmica da barragem e do vertedouro. 

Emocione-se com a obra de Poty Lazzarotto, o desenhista, gravurista, ceramista e muralista curitibano.

Em 1998 juntamente com Adroaldo Renato Lenzi elaboraram um painel de azulejos, retratando as cenas marcantes da construção de Itaipu.

2. Estação Barragem de Concreto 

As comportas de captação de água para as unidades geradoras estão localizadas no alto da barragem, de onde é possível contemplar a vista privilegiada do reservatório da usina, formada pelas águas majestosas do Rio Paraná.

3. Estação Catedral 

Essa é uma das etapas mais interessantes do passeio, onde o visitante adentra a uma estrutura côncava no interior da barragem e toca os imensos tubos brancos pelos quais escoam até 700 mil litros de água por segundo.

Uma verdadeira catedral da água – a metade da vazão das Cataratas do Iguaçu em cada um deles.  

Nesta localidade também se encontra o antigo leito do Rio Paraná. 

4. Estação Edifício da Produção 

Nesta estação estão instalados os principais equipamentos que mantêm a usina em funcionamento e as unidades geradoras. 

O visitante também tem a oportunidade de observar um eixo de uma turbina em ação, um dos pontos altos desse passeio!

5. Estação Sala de Comando Central 

Ideal para se ter uma noção das operações técnicas da usina. 

O visitante poderá conferir os computadores e painéis eletrônicos sendo controlados pelos operadores técnicos. 

No chão da sala de comando central há uma faixa amarela representando simbolicamente a fronteira entre Brasil e Paraguai.

Uma vez que a Usina Binacional Itaipu pertence aos dois países. 

6. Estação Canal de Fuga 

Nesse canal toda a água é escoada pelas turbinas ao Rio Paraná, seguindo seu curso natural.

7. Estação Galeria

Essa galeria possui 1km de extensão e seu trajeto é feito por graciosos carros elétricos. Nessa estação é onde se encontra as 20 tampas das unidades geradoras.

O roteiro técnico turístico da Usina Binacional Itaipu também inclui a Vista Panorâmica, o Ecomuseu, o Refúgio Biológico Bela Vista, entre outros.

Cujo viés é a sustentabilidade e o meio ambiente – imprescindível para todos os profissionais. 

Parque Tecnológico de Itaipu

O Parque Tecnológico de Itaipu tem 50 mil metros quadrados e está instalado nos barracões que foram alojamento para os operários construtores da barragem. 

Uma de suas atribuições é a operação do Complexo Turístico Itaipu.

PTI é um centro de ensino e pesquisa em educação, ciência e tecnologia criado em 2003, para modernizar as instalações hidrelétricas. 

Esse movimento incentivou o progresso da região uma vez que conta com a parceria com diversas instituições de ensino e pesquisa públicas e privadas.

O PTI é um polo desenvolvedor de diversas iniciativas, que contribui com o empreendedorismo e a geração de emprego e renda na região. 

São cerca de 2 mil pessoas envolvidas, entre funcionários, estagiários, parceiros, empresários, pesquisadores, professores e acadêmicos.

O PTI tem: 

Informações úteis sobre o passeio técnico

Horário de Funcionamento: de segunda a sábado, de 8 às 18h 

O que usar? Roupas leves, calçados confortáveis, óculos de sol, chapéus/bonés.  

Atenção: agende o passeio com antecedência e siga as normas técnicas e os procedimentos de segurança.

Refúgio Biológico de Itaipu

O Refúgio Biológico de Itaipu foi fundado em 1984 para preservar a fauna e flora de Foz do Iguaçu. 

Passeio perfeito para biólogos, profissionais ligados às ciências ambientais e à zootecnia. 

O refúgio tem por causa principal proteger animais resgatados, vítimas de maus tratos e tráfico de animais, conservação de espécies em extinção para a reprodução.

Bem como são encontrados animais debilitados e idosos que acabaram perdendo o costume de viver em seu habitat e encontraram no refúgio, um lar seguro e feliz para sobreviverem.  

Itaipu Refúgio Biológico
Itaipu Refúgio Biológico | Imagem cedida pelo atrativo

Como é o passeio ao Refúgio Biológico de Itaipu? 

O passeio começa no Centro de Recepção de Visitantes, que foi construído utilizando a arquitetura verde e conta com fonte alternativa de energia. 

Os visitantes entram numa carretinha, que os levará ao Canal da Piracema até às edificações do Refúgio. 

Depois disso, o roteiro guiado segue com uma caminhada de 2 km por uma trilha em meio a floresta nativa.

Uma verdadeira aula de educação ambiental – são mais de 960 gêneros de plantas e 50 espécies de animais, desde as destemidas onças-pintadas e jaguatiricas até as carismáticas araras-vermelhas

Você também poderá encontrar jacarés, gaviões, urubus-rei, quatis, jabutis, corujas, serpentes e macacos-prego. 

Perguntas e respostas sobre o passeio?

  • Horário de funcionamento do Refúgio Biológico? De terça a domingo, das 8h30 às 15h30.
  • Duração do passeio no Refúgio Biológico? A duração do passeio pelo Refúgio dura em média 2h15.
  • Acessibilidade no Refúgio Biológico? Rampa, espaços planos, corrimão e veículos para transporte.
  • O que usar? Roupas leves, calçados confortáveis, óculos de sol, chapéus/bonés. 
  • Idade mínima para a atração? Sem restrições de idade, crianças (06 a 11 anos), doadores, estudantes, idosos e professores pagam meia entrada.
  • Atenção: agende o passeio com antecedência. Não é permitido o consumo de alimentos durante o passeio. 

Conecta – Parque das Aves

O Parque das Aves é a única instituição do mundo que trabalha para a proteção das aves da Mata Atlântica.

Ponto de encontro obrigatório de todos os profissionais das ciências biológicas, ambientais, zootecnistas, estudiosos e amantes da natureza como um todo. 

No passeio Conecta, o visitante terá o enorme prazer em descobrir curiosidades sobre aves pouco conhecidas. 

E ainda alimentar tucanos e sentir a sensação única de uma revoada de quase 300 periquitos. 

Além disso, o visitante terá acesso a viveiros e trilhas exclusivas, para observar e participar da alimentação de aves, mediado por um técnico do local que dará informações relevantes e interessantes sobre os hábitos dessas aves. 

No momento do coffee break será possível provar dos inusitados sabores da floresta com as PANCs, as plantas alimentícias não-convencionais.

  • Horário: De terça a domingo, 08h30 e 13h30, 
  • Reservas com antecedência: Os ingressos para visitar o Parque das Aves são limitados por horário, evitando aglomerações.
  • O que usar? Roupas leves, calçados confortáveis.
  • Idade mínima: Um passeio para todas as idades
  • Atenção: Não alimente as aves sem orientação técnica 
Conecta - Parque das Aves
Conecta – Parque das Aves | Imagem cedida pelo atrativo

Construção da Nova Ponte entre Brasil e Paraguai

A construção da nova ponte Brasil-Paraguai pode representar uma experiência marcante para engenheiros de pontes e estradas, arquitetos e projetistas. 

O empreendimento público chega a 90% de conclusão com investimento de R$ 189 milhões. A previsão de inauguração é para novembro de 2022.

A obra é uma parceria entre Governo do Paraná, Governo Federal e Itaipu Binacional, responsável pelos recursos, sendo executada pelo Departamento de Estradas de Rodagem do Paraná (DER/PR).

Com a Ponte da Integração, localizada entre Foz do Iguaçu e Presidente Franco, tem por objetivo impulsionar o desenvolvimento nas áreas de fronteira, inclusive na Argentina, além possibilitar a conexão, futuramente, com o Chile e a Bolívia.

Atenção: visitas somente autorizadas pelo DER-PR. Os horários devem ser agendados com antecedência. 

>> Saiba mais: Conheça os benefícios exclusivos do Iguassu City Pass

Conhecimento é poder e a Combo Iguassu possibilita os melhores passeios técnicos de Foz do Iguaçu para tornar sua viagem inesquecível! 

Confira todos os nossos combos, ingressos e transportes!

Combo Iguassu: Um combo de experiências para você!

Redação: Semíramis F. A. Moreira| Revisão: Joelma Oliveira

Siga nossas redes sociais!

Converse com a gente