O que levar na mala para visitar as Cataratas da Argentina e do Brasil.


Compartilhe este conteúdo com seus amigos

Que o passeio nas Cataratas faz parte de quase todo roteiro de pessoas que vem para Foz do Iguaçu, isso já sabemos. Mas será que os turistas, quem ainda não conhece essa beleza da natureza sabe quais são as dicas e conselhos para não passar nenhuma dor de cabeça e só aproveitar o passeio? Afinal de contas é melhor estar preparado para qualquer imprevisto que estragar seu passeio, não é mesmo?! Então a Combo Iguassu separou para você algumas dicas do que levar, como se preparar, desde roupa, produtos, documentação e dinheiro para visitar as Cataratas tanto da Argentina quanto do Brasil sem que nada saia do planejado, e mesmo que sair, você esteja preparado!

O que levar na mala para visitar as Cataratas da Argentina e do Brasil.

Quais os documentos para se entrar nas Cataratas?

Nesse tópico depende muito de qual das Cataratas você vai visitar, pois a do Brasil tem uma documentação diferente da Argentina.

O que levar na mala para visitar as Cataratas da Argentina e do Brasil.

Documentação para as Cataratas do lado brasileiro.

Você vai precisar da sua identidade, comprovante de residência em caso de residente em Foz do Iguaçu e identidade de crianças.

PREÇOS CATARATAS BRASIL– FEV 2018

Esses são os preços para as Cataratas referente ao mês de fevereiro de 2018, eles podem ser alterados de acordo com o Parque Nacional. Consulte preços antes do seu passeio.

Brasileiro

Adulto Brasileiro: R$36,00 – Residente de Foz do Iguaçu Brasileiro: R$13,00.

Infantil de 2 a 11 anos – R$10,00.

Idoso brasileiro ou estrangeiro residente no brasil acima de 60 anos – R$10,00.

Países do Mercosul – Argentina, Paraguai, Uruguai, Venezuela.

Adulto – R$49,00.

Infantil de 2 a 11 anos – R$10,00.

Demais países.

Adulto – R$62,00.

Infantil de 2 a 11 anos – R$10,00.

Atividades opcionais com preços adicionais: Macuco safari, trilha da bananeira, trilha do poço preto, passeio panorâmico de helicóptero, estacionamento.

Documentação para as Cataratas do lado argentino.

Primeiramente temos que pensar que para chegar às Cataratas da Argentina temos que atravessar para o lado argentino, isso é, mudar de país, então já exige uma documentação a mais. Se você for de carro, precisará da carta verde (que protege terceiros afetados por acidentes de trânsito durante a viagem). Se não fizer pode acontecer de te pararem na rua e multarem, então separe um dia antes para ir fazer a carta verde, não é nada muito demorado nem caro, a documentação é emitida na hora e custa aproximadamente R$50,00. O carro precisa estar no nome do motorista, ou de alguma pessoa que estiver no carro, não pode atravessar sem o dono do veículo esteja presente (nem se for da sua família).

Adultos precisam de documentação de identificação atualizada, tem que ser a identidade, não passa com carteira de motorista, e não pode ser as antigas, tem que ter menos de 10 anos. Crianças menores de idade apenas acompanhadas dos dois pais, ou com uma declaração reconhecida em cartório de autorização para viagens internacionais.

PREÇOS CATARATAS ARGENTINA – FEV 2018

Esses são os preços para as Cataratas referente ao mês de fevereiro de 2018, eles podem ser alterados de acordo com o Parque Iguazú. Consulte preços antes do seu passeio. Os valores são em pesos e se alteram conforme a cotação do dia.

Ingresso geral: $500

Ingresso com desconto para residentes do Mercosul (Brasil, Paraguai, Uruguai, Venezuela): $400

Ingresso para residentes nacionais: $260

Ingresso com desconto para crianças de 6 a 12 anos: $130

Ingresso com desconto para crianças de 6 a 12 anos do Mercosul: $100

Ingresso com desconto para crianças de 6 a 12 anos nacionais da Argentina: $80

Ingresso para idoso/aposentado nacionais da Argentina: $50

Ingresso para residentes locais e pessoas com deficiência: $0

Atividades opcionais com preços adicionais: Almoço, Safari 4x4, Passeios Naúticos, estacionamento.

O que levar para as Cataratas?

Água! – Ambos passeios você terá que fazer uma longa caminhada, então nada melhor que hidratar-se.

Lanches – Geralmente nesses locais as comidas são caras, então se você estiver em grupo e não quiser gastar muito (até para sobrar dinheiro para os passeios adicionais) leve lanches leves, como sanduiches, chips e frutas.

Protetor solar – Talvez um dos mais importantes! Em ambas Cataratas o sol é muito forte por ser um ambiente natural, deve-se sempre levar protetor para se proteger dos raios solares.

Repelente – Por ser uma região de muita mata sempre tem muitos mosquitos, principalmente se você for alérgico a picadas, previna-se antes.

Roupas leves – Como o passeio é longo indica-se que vá com roupas leves, nada muito apertado nem quente, pois a caminhada é feita na mata e no sol, dependendo do clima e da capacidade das quedas pode acontecer de molhar-se, então uma roupa mais leve ajuda a curtir melhor o passeio sem se sentir incomodado.

Sapatos confortáveis – Não precisa ir com seu sapato mais bonito, nem com aquele que “é mais ou menos confortável, mas é lindo”. Vá com seu sapato mais confortável possível, não ligue para beleza, seu bem-estar em primeiro lugar. As caminhadas são longas, então para evitar bolhas e dor previna-se.

Capas de chuva – Se você não quiser se molhar (o que é um pouco inevitável caso vá fazer algum dos passeios adicionais ou chegar perto da garganta do diabo pela passarela) compre capas de chuvas. Elas são vendidas a mais ou menos R$10 na entrada do parque brasileiro*.

Capas para celular à prova d’água – Para aqueles que gostam de registrar todos os momentos, indico que leve uma capa de celular para evitar que molhem. Eles também vendem por mais ou menos R$15 na entrada do parque brasileiro*.

O que levar na mala para visitar as Cataratas da Argentina e do Brasil.

Dicas para passeios adicionais na água (Macuco Safari, Aventuras Náuticas, Trilha Das Bananeiras, Etc.).

Roupas que sequem rápido – Os passeios que são feitos na água geralmente molham muito, então é bom usar roupas daqueles tecidos que secam rápido.

Toalhas – São boas para secar os cabelos caso molhem, colocar em volta do corpo para não pegar vento enquanto as roupas não sequem após o passeio.

Biquíni ou sunga para usar por baixo das roupas – Após o passeio você pode trocar, claro, mas o tecido do biquíni e sunga são fáceis de secar e se molhados não irritam a pele ao encostar como ocorre com roupas normais.

Uma muda de roupa extra caso queira trocar.

Chinelos – Dá para deixar seu sapato dentro da mochila e ir fazer esses passeios de chinelo ou até descalço.

Câmera à prova d’água – Nada melhor que uma se você tiver para registrar cada momento.

Óculos de natação – É só uma dica caso queira olhar bem as quedas. Ao chegar perto a força da água é tão grande que pingos caem sob os olhos e não conseguimos deixá-los abertos, então óculos de natação te ajuda a não perder nenhum momento.

Sacola plástica para guardar as bolsas – Caso você faça passeios onde não retornem mais ao ponto de partida, como as trilhas, é bom colocar seus pertences dentro de uma sacola plástica, para evitar que sua mochila e todas suas coisas se molhem.

Cuidado com óculos, bonés, chapéus – A força das quedas é muito forte, tome cuidado com seus pertences para o vento não levar.

O que levar na mala para visitar as Cataratas da Argentina e do Brasil.

Informações adicionais.

Evite filas! Dá para comprar os ingressos online e poupar tempo de ficar nos guichês. Lá você tem que retirar os bilhetes, porém é um guichê separado só para isso.

Chegue cedo: Em épocas de temporada as filas para esperar os ônibus ficam extensas. Lembre-se que o parque fecha as 5, então quanto mais cedo você chegar terá mais tempo para aproveitar tranquilo. Os ônibus passam um atrás do outro, mas em temporada são muitas pessoas. A média de espera é de 2 horas caso lote, então chegue cedo.

Cuidado com os quatis! Eles são bem bonitinhos mesmo, chegam perto dos humanos e não tem medo, mas não mexam com eles, apesar da aparência dócil são animais selvagens que só se aproximam procurando comida, e são muito espertos, pulam pegar comida da sua mão, abrem sua mochila para pegar comida se tiver, e são ariscos, eles podem morder e arranhar, então tome cuidado. Você vai ver direto nos dois parques par tomar cuidado com eles, além de machucarem, também transmitem doenças e roubam comida e objetos.

O que levar na mala para visitar as Cataratas da Argentina e do Brasil. O que levar na mala para visitar as Cataratas da Argentina e do Brasil.

No mais, apenas quando vierem confirmem horários, valores e divirtam-se. Vejam os pacotes da Combo de transporte e passeio (nós temos os ingressos bem mais em conta que no próprio atrativo), e se precisar de hotel no centro da cidade por um bom preço e de confiança, nossa dica é o Tarobá Hotel! <3

Atendimento pelo Whatsapp