, ROTA PRECIOSA – O guia completo das Minas de Wanda e as Ruínas de San Ignácio, Passeios em Foz do Iguaçu | Combos em Foz com desconto

ROTA PRECIOSA – O guia completo das Minas de Wanda e as Ruínas de San Ignácio

Consultar

Visitantes do mundo todo ao chegarem em Foz do Iguaçu ficam loucos para conheceram uma das 7 maravilhas do mundo, as Cataratas do Iguaçu, mas muitos deles desconhecem a região e, consequentemente, acabam não aproveitando ao máximo sua estadia em nossa cidade. Para que você expanda suas experiências em nossa região, o Mirante Hotel irá te levar um pouco além, em um passeio regado a pedras preciosas, ruínas, índios e muito mais!

MINAS DE WANDA

Nossa aventura começa nas Minas de Wanda, local de extração de pedras semipreciosas que se encontra próximo de Puerto Iguazú/ ARG. Saindo do Mirante Hotel Foz do Iguaçu – o melhor hotel colonial da Tríplice Fronteira, você levará em média 1h08min de deslocamento até o local, dando aproximadamente 60.9 km de distância.

%imagem-3%

• Histórico

As Minas de Wanda surgiram após um derramamento de lava vulcânica que rompeu o maciço cristalino de Brasília/BRA, onde seu escorrimento foi até a ilha de Martín García/ARG. A lava não alcançou a superfície, se mantendo subsola e, em contato com matérias como água e silício, deram origem a mais de 52 variedades de pedras preciosas e semipreciosas. A lava em contato com a água formou bolhas de ar, que com o calor e pressão deram início ao processo de cristalização que, consequentemente, originaram as pedras preciosas.

Já o nome Wanda se deu pela colonização polaca da região. Wanda é o nome da filha do rei Krakus – o fundador de Cracovia. Wanda ao virar rainha do império de seu pai, cometeu suicídio para não ter de casar com algum príncipe que comprometesse seu legado.

• Mapa da aventura

Ao chegar as Minas de Wanda você será levado por um guia bilíngue para conhecer uma antiga área de exploração a céu aberto, onde hoje serve apenas para recepcionar os visitantes.

Na sequência, o guia te levará as entradas subterrâneas, que segundo alguns visitantes é de causar arrepios, devido ser rústica e de pouca luminosidade, mas ao adentrar um pouco, o desconforto vai dando espaço ao encanto das pedras encontradas durante o caminho, te fazendo esquecer que está a 200 metros abaixo da superfície.

Por fim, você poderá prestigiar a beleza das pedras encontradas no Museu de Pedras, no qual encontrará itens de colecionadores, peças raras e jóias, podendo adquirir alguns exemplares em uma loja de souvenirs local.

• Documentos e valores

Para a realização do passeio é necessário reserva de ao menos 1 dia de antecedência, caso não haja reservas o visitante estará sujeito a disponibilidade do passeio. O passeio é para no mínimo 2 pessoas, caso o passeio seja realizado sozinho, será cobrado o valor de 2 visitantes.

ATENÇÃO AOS DOCUMENTOS! Impreterivelmente todos os visitantes devem portar documentos atualizados e com foto (RG ou passaporte), que estejam dentro do seu prazo legal (10 anos de expedição). Documentos que não apresentem as condições supracitadas e em boas condições não serão aceitos.

Carteiras profissionais como OAB, CRM, Militares entre outras do gênero não são aceitas.

Aos visitantes menores de 18 anos devem estar acompanhados dos pais ou tutores legais, do contrário deverão portar documentação judicial com autorização de fronteira.

• Agenda e vestimentas

O clima argentino apesar de ser um pouco mais frio que o de Foz do Iguaçu, também costuma ser em sua grande parte quente, por isso, procure realizar os passeios com roupas simples e leves, como uma calça ou shorts, chapéu ou boné, calçados fechados aderentes e sem salto, protetor solar, repelente e uma garrafa com água mineral.

O passeio pelas Minas de Wanda ocorre todos os dias, incluindo fins de semana e feriados, das 08h00 às 18h00min e tem o valor de 50 pesos ($50 ARS) por pessoa, entretanto, esse valor pode ser alterado caso você opte em fazer o passeio por uma agência de turismo.

%imagem-2%

RUÍNAS DE SAN IGNÁCIO MINÍ

Tendo como ponto de partida o Mirante Hotel Foz do Iguaçu – o melhor hotel colonial da Tríplice Fronteira, são 252 km de estrada, dando um tempo médio de 3h19min em transito normal. As estradas são bem pavimentadas, melhorando sua experiência até o local.

• Histórico

As reduções jesuíticas realizadas no tempo de desbravamento das Américas deixaram vestígios históricos que perduram até os dias atuais. San Ignácio Miní foi fundada em 1687 e o que hoje é um sítio arqueológico já foi território indígena liderado pelos padres jesuítas, sendo considerado o maior grupo dos 30 existentes durante as campanhas jesuíticas.

Os grupos eram denominados reduções e ocupavam o território que hoje conhecemos como noroeste do Rio Grande do Sul, parte do Paraguai e da Argentina.

As campanhas realizadas em San Ignácio hoje só restaram as ruínas, que um dia comportaram 7.400 moradores, tendo indícios de que até 5 famílias guaranis moravam em 1 casa apenas.

A administração de San Ignácio era sob a gestão de cacifes e padres, que originavam o Cabildo (nome dado às corporações municipais instituídas na América Espanhola durante o período colonial que se encarregavam da administração geral das cidades coloniais).

A cidade de San Ignácio teve suas construções iniciadas em 1735, levando 10 anos até sua conclusão. Edificações que resistiram as interferências naturais e humanas até os dias atuais.

Em 1983 a UNESCO (Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e a Cultura) declarou as ruínas de San Ignácio Miní como patrimônio mundial da humanidade, tendo seus 37 hectares de área protegidas pelo Legislação Federal.

• Roteiro do Passeio

Iniciamos nossa aventura na recepção aos visitantes. Aqui você poderá contratar os serviços de um guia bilíngue caso não opte em realizar o passeio por uma agencia de viagens. É possível também assistir a um vídeo de introdução as ruínas de San Ignácio e saber mais sobre o que lhe aguarda.

O Museu Lúcio Costa, encontrado no sítio arqueológico local, conta com obras artísticas da época das reduções, como as estatuas barrocas indígenas que diferem das estatuas europeias. Na época, os indígenas que produziam as estatuas, faziam os rostos mais arredondados, para que ficassem semelhantes a face indígena.

Já durante a noite, você poderá prestigiar o espetáculo Som e Luz, onde as ruínas recebem uma iluminação especial e uma dramatização nas vozes de Fernanda Montenegro e outros grandes nomes artísticos brasileiros. O valor do espetáculo Som e Luz é de R$ 5,00 e tem início todos os dias as 21h00min.

• Valores, vestimentas e documentos

As ruínas de San Ignácio estão abertas todos os dias, incluso fins de semana e feriados, das 9h00min às 18h00min, entretanto, o horário é estendido até as 20h00min no horário de verão.

O clima é quente, então tirando as estações de frio, recomendamos que opte por roupas simples e leves como um shorts ou calça, calçados fechados aderentes e sem salto, boné ou chapéu, protetor solar, repelente de insetos e água mineral. Leve consigo alguma quantia em pesos, para que possa realizar compras na loja de souvenirs local ou até mesmo para alguma refeição.

CUIDADO COM A DOCUMENTAÇÃO! Turistas canadenses e australianos devem pagar uma taxa de reciprocidade, devido as políticas de relações entre os países. Maiores informações consulte: http://reciprocidad.provincianet.com.ar

Brasileiros devem portar documento com foto atualizados (RG ou passaporte) que estejam dentro do seu prazo legal (10 anos de expedição) e em boas condições.

Carteira profissionais como OAB, CRM ou Militares não serão aceitadas. Crianças com até 5 anos de idade, não pagam se acompanhadas dos pais ou tutores legais.

Para visitantes menores de 18 anos, desacompanhados dos pais ou tutores legais, deverão portar documentação judicial com autorização de fronteira.
3

%imagem-1%

Com esse guia completo fica mais fácil e simples para você aproveitar melhor os seus passeios, mas convidamos você a expandir ainda mais suas experiências na Tríplice Fronteira. Então faça agora sua reserva com o Mirante Hotel Foz e aproveite ao máximo os melhores passeios em Foz do Iguaçu e região.

Mirante Hotel Foz do Iguaçu. O melhor hotel colonial da Tríplice Fronteira.