Ibama e PF queimam barcos usados para pesca predatória em MT

Consultar

Ibama e PF queimam barcos usados para pesca predatória em MT


por lielson

Operação flagra pesca ilegal em áreas indígenas, apreende 170 kg de pescado e multou dono de pousada

Pelo menos 170 kg de pescado irregular foram apreendidos durante uma ação conjunta do Ibama e da Polícia Federal entre as cidades de Canarana e Gaúcha do Norte, no Mato Grosso. As embarcações flagradas foram destruídas.

Segundo o Ibama, a operação se deu no começo do mês, mas a divulgação se deu apenas há poucos dias.

Foram apreendidos materiais, barcos e objetos ilegais para a prática da pesca. A área abrange as terras indígenas Pequizal do Naruvôto e Parque Nacional do Xingu, e há registros de caça, pesca predatória e o turismo ilegal, praticados por clientes de uma pousada. O dono do empreendimento negou os crimes ambientais, mas, diante de muitas evidências, assim foi multado e agora irá responder criminalmente.

Os agentes percorreram de barco os rios 7 de Setembro, Culuene e Xingu para apurar denúncias de crimes ambientais em áreas de especial proteção da etnia indígena Calapalo. Foram apreendidos sete barcos e equipamentos de pesca, e realizada a destruição imediata de alguns destes materiais.

Fonte: revistapescaecompanhia.com.br