Erros comuns praticados ao soltar o peixe durante a pescaria esportiva

Consultar

O pesque e solte é uma prática esportiva bastante popular, porém alguns erros devem ser evitados ao praticar, veja mais são:

1. Demorar para soltar o peixe:

Este é um erro que ocorre com bastante frequência, alguns pescadores se empolgam na hora de admirar ou fotografar o peixe e acaba demorando a devolvê-lo a água. O ideal é que o tempo máximo que peixe passe fora da água não passe de um minuto, para evitar problemas sérios aos órgãos do peixe.

2. Manusear o peixe excessivamente:

Não fique acariciando o peixe por muito tempo e evite ficando passando de mão em mão. Quando o muco protetor é retirado, o peixe fica suscetível a ser atacado por bactérias que podem gerar graves doenças e até leva-lo a morte.


3. Não esperar a recuperação do peixe antes de solta-lo:

Antes de soltá-lo novamente na água verifique se o peixe está totalmente recuperado para voltar a nadar, não o atire de qualquer jeito.

%imagem-1%

4. Realizar movimento para frente e para trás:

Este é um erro que muitos cometem por acreditar que estarão ajudando o peixe. O ideal é coloca-lo dentro da água e deixar que as guelras trabalhem.

5. Deixar o peixe cair:

O tombo pode resultar em uma lesão, além de romper com seus órgãos. Lembre-se de segurar firmemente o peixe e só soltar se sentir confiança.

Inf. Pesca&Cia