Assembleia legislativa realiza debate sobre a proibição da pesca do dourado nos rios do Mato Grosso do Sul.

Consultar

Assembleia legislativa realiza debate sobre a proibição da pesca do dourado nos rios do Mato Grosso do Sul.


O projeto estabelece o prazo de oito anos para a proibição da captura da espécie, sendo permitido somente a modalidade pesque e solte.


A Assembleia Legislativa do Mato Grosso do Sul, realizara audiência publica no Plenário Julio Maia no próximo dia 15 de março, para discutir sobre o Projeto de Lei que proíbe a pesca do dourado no Estado do Mato Grosso do Sul, sendo somente admitida a modalidade pesque e solte.

A proposta será debatida pelo autor do projeto, o deputado Estadual Beto Pereira do PSDB,  juntamente com os demais membros da comunidade como pescadores amadores, praticantes da modalidade do pesque e solte, policia ambiental, o Ministério Público e os de mais órgãos responsáveis.

 %imagem-1%

O autor do projeto, tenta implantar e estabelecer por oitos anos a  proibição definitiva da pesca comercial do dourado, também ficariam proibidos o transporte, embarque, e a industrialização da espécie, sendo permitida apenas a pesca na modalidade “pesque e solte”. Caso seja aprovada, a lei prevê punições para quem descumpri-la. 

O propósito principal do projeto, vai muito além de promover a preservação da espécie, pois visa despertar a consciência ambiental da comunidade, e a importância do repovoamento dos rios, visando diminuir ao longo dos anos a escassez  do dourado como os demais peixes, como pode-se constatar, por inumeros motivos da-se a importância da implantação da lei de cota zero do dourado.

A fomentação do turismo da pesca esportiva pode se tornar uma atividade crescente e muito mais lucrativa, além de atrair mais incentivos para o Estado do Mato Grosso do Sul, já que possui duas bacias hidrográficas riquíssimas, o Paraguai e o Paraná.

 O autor do projeto ainda garante que a lei se for aprovada não afetará a renda dos pescadores profissionais, pois o dourado é apenas o oitavo da lista dos peixes mais comercializados no mercado local.

 %imagem-2%

Fonte : www.fishtv.com

Fonte: www.campograndenews.com.br